Os serviços na ponte sobre o Rio Japaratuba, na rodovia SE-100, município de Pirambu, no Litoral Norte Sergipano, prosseguem de acordo com o cronograma estabelecido, sendo que, não havendo contratempos, dentro das próximas três semanas, deverão ser concluídos.

Tendo o Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER) como órgão executor, os serviços de recuperação estrutural estão sendo realizados pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), com o objetivo de garantir a segurança de pedestres e condutores de veículos, bem como manter a normalidade no tráfego intermunicipal.

Segundo o diretor-técnico do DER, Carlos Alberto Araújo, os trabalhos seguem em ritmo satisfatório. “Os profissionais estão trabalhando seguindo as recomendações preventivas à Covid-19 feitas pelo Ministério da Saúde, e, dos 12 pilares danificados pela corrosão em virtude da ponte estar a menos de 1 km do mar, 10 já foram completamente recuperados, restando apenas dois. Apesar das chuvas que vem ocorrendo nos últimos dias e do tempo úmido retardar o processo de cura e secagem, existe a possibilidade de nas próximas três semanas, os trabalhos serem finalizados e a ponte ficar livre para o tráfego de todos os tipos de veículos”, explica.

A ponte

Ponto de divisa entre os municípios de Barra dos Coqueiros e Pirambu, na Rodovia SE-100, a ponte sobre o Rio Japaratuba foi interditada para o tráfego de veículos em 22 de novembro de 2019, em razão das ferragens dos pilares de sustentação apresentarem um estado avançado de corrosão, estando expostas (sobretudo, os centrais), causando riscos a pedestres e condutores.

O Governo de Estado acelerou o processo de recuperação estrutural, uma vez que a licitação para a reforma já havia sido feita, e deu início aos trabalhos, inicialmente recuperando dois pilares em terra firme e, posteriormente, fazendo o serviço de escoramento para executar os trabalhos nos demais. Em 18 de janeiro desse ano, o tráfego foi parcialmente liberado no sistema Pare/Siga somente em uma via, para veículos de até 10 toneladas (carros de passeio, utilitários e micro-ônibus). Com o bom andamento dos serviços, em 21 de fevereiro as duas pistas foram liberadas para o tráfego, mantendo ainda a mesma restrição de peso permitido.

Fotos



Atualizado: