Membros titulares dos Comitês de Bacias Hidrográficas (CBH) dos rios Japaratuba, Piauí e Sergipe participaram de um intercâmbio com o Comitê de Bacias Hidrográficas Rio das Velhas, em Belo Horizonte, Minas Gerais, cujo objetivo foi trocar experiências e ações com o foco no processo de estruturação e criação de subcomitês, bem como na comunicação, mobilização social e educação ambiental promovida pelo CBH Rio das Velhas.

Permeado com rodas de conversas e apresentações por parte dos representantes dos comitês, foram feitas explanações a respeito das vivências e debates sobre o cotidiano de cada um, bem como discutidos paralelos entre as atividades desenvolvidas e a probabilidade de adequar algumas ações de acordo à realidade deles.

O presidente do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Sergipe e integrante da Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO), Ardiles Ferreira destacou a importância do evento. “Entendo que a nossa estadia aqui será de grande proveito. Participei do Fórum Mineiro de Comitês de Bacias Hidrográficas e também com a missão de entender como funciona e pretendo levar as ideias do Plano de Comunicação do CBH Rio das Velhas para Sergipe”, afirmou.

Gerente Socioambiental da DESO e secretário do CBH do Rio Piauí, Mário Rodrigues, apresentou algumas ações da companhia relacionadas à educação ambiental no Estado, a exemplo da parceria com os estúdios Maurício de Souza que resultou na revista em quadrinhos com os personagens da Turma da Mônica voltada à educação ambiental, o projeto Saneamento Expresso, que consiste em uma unidade móvel de educação ambiental projetado para esse fim, apresentando etapas do ciclo de saneamento básico e que já alcançou 9,5 mil pessoas.     

Outros destaques

Também foram destacados a adesão dos três comitês de bacias hidrográficas de Sergipe ao Programa Nacional de Fortalecimento dos Comitês de Bacias Hidrográficas (Procomitês) e entre a explanação de algumas ações desenvolvidas por eles, o Diretor do Departamento de Gestão Participativa da Serhma, Marcos Leite ressaltou a importância do intercâmbio para os comitês sergipanos. “Temos interesse em conhecer mais sobre o trabalho de funcionamento da Agência Peixe Vivo, bem como o Plano de Comunicação do CBH Rio das Velhas, uma vez que pretendemos implantar o nosso. Essa troca de informações é de extrema relevância, sobretudo para nós”, afirmou.

Membros do CBH Rio das Velhas, Luciana Gomes e Thaís Alves fizeram uma apresentação sobre a recuperação histórica da bacia do Rio das Velhas e do próprio comitê. Posteriormente ocorreu uma última roda de conversas com esclarecimento de dúvidas e depois os participantes fizeram uma visita à nascente revitalizada pelo Projeto de Recuperação e Conservação de Nascentes Urbanas.

Ao fim das atividades, o presidente do CBH do Rio Japaratuba, José Jorge dos Santos, reiterou a importância do encontro, ressaltando a ligação entre as duas regiões do Alto São Francisco em Minas Gerais e do Baixo São Francisco em Sergipe. “Conhecemos e dialogamos com pessoas comprometidas com a gestão do sistema hídrico e que contribuem com a qualidade de nossas águas, uma vez que as águas recebidas no Baixo São Francisco é reflexo da as atitudes tomadas aqui no Alto, pelos membros e conselheiros do colegiado que de certa forma são guardiões das águas”, enfatizou.

 

Fotos:  Arthur de Viveiros

Última atualização: 5 de maio de 2022, 15:12 PM