O Governo de Sergipe e o Município Barra dos Coqueiros, na Grande Aracaju, realizam uma Consulta Pública para a criação da Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) nos Manguezais da Barra dos Coqueiros, no próximo 23 de outubro, sexta-feira. É um cumprimento ao disposto no Artigo 22 § 3º da Lei Federal 9.985/2000.

Aberto a profissionais das mais diversas áreas, gestores públicos, educadores, ambientalistas, estudantes, universitários e à sociedade em geral, o mecanismo de discussão acontecerá na quadra de esportes da Escola Municipal de Ensino Fundamental João Cruz, localizada na Avenida Moisés Gomes Pereira,280, no centro da Barra dos Coqueiros, em primeira chamada às 18h, em segunda às 18h30 e às 19h em terceira e última chamada.


Segundo o Superintendente Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente, Ailton Rocha, o processo de criação dessa unidade foi gerado como uma forma de compensação ambiental na Justiça Federal (Processo judicial nº 0003976-93.2013.4.05.8500) em 2013. “Desde então, a Serhma vem participando e acompanhando com o Termo de Cooperação Técnica firmado com a Prefeitura Municipal da Barra dos Coqueiros, representada pela Comissão de APPs, prestando todo o suporte necessário”, salienta.


Ailton Rocha explica ainda que, além da preservação dos mangues com todos os seus apelos ecológicos, a unidade de conservação da Barra dos Coqueiros, juntamente com o recém-criado Parque Estadual Marituba, formará um corredor ecológico. “Será o resultado da união dessas duas áreas protegidas, as quais, além da conservação dos recursos naturais, contribuirá para a geração de renda com a implantação do turismo ecológico nessa área do território da Grande Aracaju”, conclui.


A consulta pública é realizada pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs) e Superintendência Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente (Serhma), juntamente com a Comissão de Área de Preservação Permanente (APP’s) do município de Barra dos Coqueiros e faz parte do andamento das ações definidas no Plano de Aplicação da Compensação Ambiental, que define a criação de uma unidade de conservação no município de Barra dos Coqueiros. Para isso foi contratada uma empresa especializada no assunto (ECOSSIS), que realizou estudos obrigatórios para criação de uma Unidade de Conservação, de acordo com a Lei Federal n° 9.985/2000.


Última atualização: 21 de outubro de 2020, 09:12 AM